5.07.2007

Catarina Eufémia



E das catitas personagens históricas surge agora aquela que me deu o nome: Catarina Eufémia!
Catarina Efigénia Sabino Eufémia (nascida a 13 de Fevereiro de 1928 — morta a tiro a 19 de Maio de 1954) foi uma ceifeira alentejana analfabeta que, na sequência de uma greve de assalariadas rurais, foi assassinada, aos 26 anos, pelo tenente Carrajola da GNR em Monte do Olival, Baleizão, perto de Beja, Alentejo. Catarina tinha três filhos, um dos quais de oito meses, que estava no seu colo no momento em que foi baleada.A história trágica de Catarina acabou por personificar a resistência ao regime salazarista, sendo adoptada pelo PCP como ícone da resistência no Alentejo (in wikipédia)

3 comentários:

Joanita disse...

Mais uma linda Catita, não há mais palavras, uma pessoa já se torna repetitiva...

*Beijoca,
Joanita

Maria Lemos disse...

Olá,

Simplesmente fantastica!
Parabens pelo conteudo, há coisas que convém lembrar.

Maria Lemos

Isabel de Paula disse...

Ah, grande CATARINA EUFÉMIA...e a sua está uma ternura. Um mimo. Parabéns.

Até breve.

ISABEL